Seg. à sex. das 9h às 19h / Sábado das 9h às 13h

  • Home
  • Indicações para quem está ficando careca

Ficando careca? Veja como resolver.

 

Esta pergunta é mais comum de se ouvir do que se imagina, principalmente para os homens. Após os 40 anos de idade, 60% dos homens  apresenta indícios de calvície genética. Entretanto, o desespero não é necessário diante desta situação. Hoje existem tratamentos eficazes para controlar a queda de cabelo e há ainda o transplante capilar como solução.

As causas que podem induzir a queda de cabelo são inúmeras, desde problemas com hormônios até doenças no couro cabeludo. Por esse motivo, é importante procurar um(a)médica dermatologista especialista antes de começar qualquer tratamento contra a calvície.

Vale também ressaltar que a ajuda deve ser buscada o mais rápido possível, principalmente se houver casos de calvície em membros próximos da família ou se a queda de cabelos estiver acentuada.

Hoje em dia ficar careca é opção

Diagnosticadas as causas do problema capilar, o especialista indicará o tratamento específico para evitar que haja queda excessiva de cabelo e, se necessário, ajudar no crescimento e fortalecimento de novos fios.

Entre os tratamentos clínicos e cirúrgicos recomendados para a queda de cabelo estão:

loções capilarescomprimidosshampoosfotobioestimulaçãopeeling capilartratamento de intradermoterapiamicroagulhamento capilarmicroinfusão de medicamentolaser fracionado de alta potênciafototerapia

Caso o problema com a calvície seja grave e o paciente tenha medo de ficar careca, há a opção do transplante capilar, no qual os fios de cabelo são retirados de uma área  em que a calvície não se desenvolve  e transplantados para a área calva.

Ficando careca

Ligue e Agende: +55 (11) 3071 - 4114 / 3774 - 1072


Clínica Dra. Leila | Transplante Capilar | Tratamento Capilar | Blog | Na Mídia | Qual o seu problema? | Contato


Rua Joaquim Floriano, 72 cj. 37 - Itaim Bibi - São Paulo - SP

Resp. Técnica: Leila David Bloch - CRM-SP:108.287/RQE no 27362 RESOLUCÃO CFM 1974/11

(11) 3071-4114
(11) 3774-1072

 

Agendar

Qual o seu problema?

Dúvidas Frequentes

Dra. Leila na Mídia